Crítica: Goosebumps 2 – Halloween Assombrado (2018)

Goosebumps 2 – Halloween Assombrado não passaria nem na sessão da tarde.

Lançamento 11 de outubro de 2018
Direção: Ari Sandel

Elenco: Jeremy Ray TaylorMadison IsemanCaleel Harris

Sinopse:

Wardenclyffe, Estados Unidos, às vésperas do Halloween. Sonny (Jeremy Ray Taylor) e Sam (Caleel Harris) são grandes amigos, que encontram um livro incompleto guardado dentro de um baú, em uma casa abandonada. Ao abri-lo, eles despertam o boneco Slappy (Avery Lee Jones), que surge inesperadamente. Criação do autor R.L. Stine (Jack Black), ele usa os jovens e ainda a irmã de Sonny, Sarah (Madison Iseman), para criar sua própria família de monstros.

É realmente uma pena quando uma sequência de uma ideia boa não nivela ao filme original. Em Goosebumps  2 – Halloween Assombrado nem Jack Black salva a produção. O longa é meio desconexo com o original e da a impressão que fica um buraco entre as histórias, falta muito.

O Boneco Slappy é mais uma vez o grande vilão da trama, dessa vez a sua história vem á tona numa tentativa de justificar seus atos, mas nessa o roteirista se perde em detalhes. O roteiro infelizmente não é bem amarrado, alguns dos personagens simplesmente são esquecidos durante a trama e nem ganham um final.

O elenco é bem dirigido pelo ganhador do Oscar Ari Sandel, no entanto alguns não entram no papel e acabam repetindo que já vimos nos cinemas, como: Wendi McLendon-Covey e Ken Jeong. E quem salva a sequência é Madison Iseman, é ela que não deixa a peteca cair, mas mesmo assim o filme do sono. A aparição de Jack Black foi puramente comercial e para ter algum link real com a primeira produção, ele não aparece durante praticamente o longa todo, e quando acontece não faz diferença na trama.

Os efeitos especiais continuam com a mesma qualidade, então não desapontam tanto quanto o resto do filme. Filmes infantis live-action com a temática de terror já foram muito interessantes como Halloweentown, uma pena que a qualidade em Goosebumps  2 – Halloween Assombrado não esteja presente.

Galeria:

Trailer:

 

Aspirante a jornalista, metido a crítico. Taurino intenso, viciado em PF da esquina. Amante dos filmes que te fazem refletir, e um eterno bom vivam.

Compartilhar: