CRÍTICA: Homem-Formiga e a Vespa (2018)

Homem-Formiga e a Vespa
Homem-Formiga e a Vespa um filme divertido no tamanho certo.
Lançamento: 05 de julho de 2018
Direção: Peyton Reed

Sinopse:

Enquanto Scott Lang se equilibra entre ser super-herói e pai, Hope Van Dyne e Hank Pym apresentam uma nova missão urgente que coloca o Homem-Formiga lutando ao lado da Vespa para descobrir segredos de seu passado.”

O primeiro Homem-Formiga conseguiu surpreender a todos nós e conquistou o coração dos fãs. Homem-Formiga e a Vespa é um filme muito parecido, mas sem trocadilhos, no tamanho certo. O filme começa antes dos eventos de Vingadores: Guerra Infinita, e termina na icônica cena final do Guerra Infinita, o que foi legal de se ver.

O Homem-Formiga e a Vespa são, de fato, ótimos parceiros, uma boa química e grande interação entre os dois. O elenco  do primeiro filme, que ajudou a construir esse mundo e fez com que parecesse muito real. Este filme também é mais engraçado do que o primeiro.

Temos um vilão comum, sem um poder definido como nossos heróis, os pontos de ação são bons, mas este filme é muito mais voltado para o lado da aventura do que o lado da ação. Como eu disse antes também, este filme é realmente tem o tamanho certo, mas no ponto e pouco impactante, e o filme pareça tem limites baixos.

A obra é muito engraçada e divertida, e vale a pena ver, especialmente se você está pensando em levar toda a família, apenas não espere que seja um dos melhores do Universo Cinematográfico Marvel.

Nota:

Galeria:

Trailer:

Compartilhar: