Crítica: Rambo- Até o Fim (2019)

Rambo: Até o Fim tenta ser dramático demais e esquece que é um filme de ação, sendo uma grande preparação para uma sequência de ação que dura no máximo cinco minutos

Data de lançamento: 19 de setembro de 2019 

Direção: Adrian Grunberg

Elenco: Sylvester StallonePaz VegaSergio Peris-Mencheta

Sinopse:

Por ser um veterano de guerra, John Rambo conhece bastante da escuridão do mundo. Quando sua sobrinha adotiva resolve ir de encontro a seu pai biológico, Rambo se vê em uma cruzada para resgatar Gabrielle, e se vingar dos sequestradores.

Para o último filme da franquia, Rambo: Até o Fim resolve investir em coisas novas, como um drama digno de novelas mexicanas em seu roteiro. Sylvester Stallone é o mesmo brucutu de sempre, mas aqui parece que a idéia era dar profundidade a um personagem que antes era muito singular.

A história mostra laços familiares, mas que só servem de pano de fundo para o grande massacre que era de se esperar em um filme do Rambo. O único problema com isso, é a falta de cadenciamento do filme, que passa tempo demais em idas e vindas, e tempo de menos na ação característica de filmes do personagem.

O aspecto técnico do filme é interessante, o longa está bonito e a direção toma uma forma mais dramática de abordar tudo o que está acontecendo no filme. É interessante, pois é uma abordagem nova, mas que acaba se perdendo no exagero de diálogos explicativos, que tentam sustentar o filme.

A trilha sonora não é memorável, mas contribui com a criação de uma atmosfera ao menos interessante para o longa.

A ação do filme é mais focada no gore, e é bem feita, só que as cenas são tão pontuais e acontecem tão pouco no filme, que não dá nem para saber o por que chamam o longa de Rambo, tirando o fato de Stallone ser a estrela.

Como resultado, Rambo: Até o Fim é um filme arrastado, que parece uma grande preparação para uma cena final interessante, mas que demora demais para chegar, e acaba sendo uma nota bem amarga para finalizar uma franquia tão icônica.

Galeria:

Trailer:

Compartilhar: