Harvey Weinstein l Juiz rejeita acusação de atriz contra ex-produtor

Harvey Weinstein

Harvey Weinstein está sendo acusado por mais de 60 mulheres por diversos crimes sexuais.

Foi divulgado através do The Guardian a informação de que, uma das acusações de assédio sexual contra o ex-produtor foi rejeitada pela justiça norte-americana.

Segundo a informação, o juiz da corte de Los Angeles, Philip Gutiérrez, decidiu que a atriz Asheley Judd poderá seguir apenas com o processo de difamação. Segundo o comunicado emitido, a autoridade acredita que não existe fundamentos para julgar o acusado por crime sexual.

Relatos de vítimas de Weinstein serão tema de produção cinematográfica

A atriz acusa Weinstein de ter arruinado sua carreira em Hollywood após ela não ceder diante de constantes assédios do produtor. Segundo ela, entre os trabalhos que perdeu por conta do ex-produtor , seria um papel na franquia O Senhor dos Anéis.

Já o acusado alegou que tinha um pacto sexual com a atriz, que foi acordado no final da década de 90. Segundo a atriz, o acordo foi feito para conseguir escapar dos assédios do produtor, já que se encontravam em um quarto de hotel.

O juiz Philip Gutiérrez explicou que um assédio acontece quando existe uma relação de trabalho constituída, o que segundo ele, não aconteceu entre o acusado e a vítima.

Harvey Weinstein está sendo acusado por mais de 60 mulheres por diversos crimes sexuais, e pode ser condenado à prisão perpétua.

Compartilhar: