The Good Fight | 3 temporada será ainda mais politizada

3 temporada trará ainda mais discussões políticas envolvendo a administração Trump.

De maneira fenomenal, The Good Fight sempre foi muito antenada e politizada. Isso é possível graças aos brilhantes Robert e Michelle King que além de showrunners, são os criadores da série.

Em entrevista concedida com exclusividade ao The Hollywood Reporter, Christine Baranski (Madeu alguns detalhes do novo ano. “Eu acho que a terceira temporada vai se concentrar um pouco mais nas relações pessoais assim como a vida na era Trump está afetando a intimidade” disse Baranski.

Deadpool: Foi de Ryan Reynolds a ideia do 1º casal LGBT.

Para o 3 ano do Spin off de The Good Wife,  as relações afetivas também terão destaque. “Acho que vai abordar esse grande momento de gênero que estamos vivenciando devido ao movimento #MeToo,  enquanto está afetando o local de trabalho e os casamentos e relacionamentos. É um tempo muito sombrio”.

Durante a discussão do painel,  Robert King disse que a próxima temporada irá explorar a resistência à administração Trump. Diane (Baranski) e Liz (Audra McDonald) se juntariam. O elenco esteve painel do Paleyfest NY no inicio dessa semana e contaram que as gravações começam  na próxima semana.

No elenco ainda temos Cush Jumbo e Sarah Steele, assim como Rose Leslie (Game Of Thrones) , Justin Bartha, Michael Boatman, Nyambi Nyambi e Delroy Lindo. Audra McDonald se juntou ao elenco como regular da atual temporada e também está confirmada para o próximo ano.

Exibido no serviço de streaming da CBS, o CBS All Access, The Good Fight, retorna no primeiro semestre de 2019.

 

Filmmaker, atual residente na Shondalandia, cinéfilo em ascensão e virginiano por natureza metido a critico.

Compartilhar: